• Mariana Ferreira

Viagens de Avião: 8 erros que devem ser evitados

Cometer falhas é muito normal quando a gente faz algo novo, certo? Pois pra quem vai voar pela primeira vez isso não é nem um pouco diferente. Se encaixa nesta descrição? Então não se preocupe, porque listo aqui neste post oito erros comuns que podem ser evitados em viagens de avião. Afinal de contas, nosso objetivo é viajar sem dores de cabeça e ter uma experiência boa do início ao fim.


ERROS QUE PODEM SER EVITADOS EM VIAGENS DE AVIÃO

1. Deixar o check-in para a última hora


Fazer o check-in é um passo indispensável para qualquer viajante. Por isso, para evitar qualquer imprevisto e também descobrir possíveis alterações do seu voo, faça o seu com antecedência, pela internet, já que as companhias aéreas liberam isso algum tempo antes da data da viagem.


Ao mesmo tempo, ao fazer o check-in on-line você tem mais chances de conseguir um assento melhor e evita transtornos caso se atrase ao chegar ao aeroporto.


Ah, e aqui vai um ponto importante: o prazo para fazer o web check-in varia de uma companhia aérea para outra, portanto fique de olho na regra adotada pela empresa com a qual você vai viajar.


Agora, se você preferir fazer isso pessoalmente – e não tem problema algum nisso – tente chegar ao aeroporto com bastante antecedência. Assim você tem tempo de sobra para encarar eventuais filas e não precisa correr contra o relógio.


2. Não conferir a documentação antes de sair de casa

Bom, você já sabe que precisa portar alguns documentos e itens para viajar, certo? Então, a fim de driblar imprevistos, como esquecer o RG ou o passaporte em casa, por exemplo, reserve um tempinho – antes da viagem! – para separar tudo isso com calma e já deixar tudo guardado na bolsa ou na mochila. Isso vale também para as reservas de hotéis e comprovante de contratação de seguro viagem.


Dessa forma você não corre o risco de não conseguir embarcar ou de perder o voo por ter que voltar correndo pra casa pra buscar um desses documentos. Lembre-se: organização é fundamental, ainda mais se você quiser uma viagem tranquila.


3. Não chegar com antecedência ao aeroporto

Já fez várias viagens de avião ou está se preparando pra voar pela primeira vez? Independentemente da sua reposta, a dica é uma só: chegue cedo ao aeroporto.


Até porque você vai ter de passar pelo check-in (caso não tenha feito on-line), despacho de bagagem e controle de segurança. E todos esses lugares têm um ponto em comum: muitas outras pessoas. Isso sem contar que, se você não conhecer o aeroporto, pode ter dificuldades para se encontrar em meio aos diferentes terminais e localizar o seu portão de embarque.


4. Checar o peso da bagagem somente no despacho

Você sabia que existem medidas e pesos determinados para bagagens de mão em viagens de avião? Pois é! Guarde bem: elas podem ter no máximo 10 kg, 55 cm de altura, 35 cm de largura e 25 cm de profundidade.


Além disso, você também vai ter de pesar a bagagem que quer despachar. Se ela exceder o peso máximo, você terá de pagar uma taxa!


Ou seja: não vale a pena bobear com isso e ter que desembolsar uma grana extra à toa.


5. Não usar roupas confortáveis

Viagens e redes sociais têm tudo a ver, a gente sabe. Mas o conforto não pode – e nem deve – ficar de fora quando você estiver escolhendo a roupa para o grande dia. Em linhas gerais, opte por roupas com tecidos leves e mais largos, sapatos sem salto, acessórios pequenos e um casaco.


Essas peças garantem mais mobilidade durante o trajeto. Outro ponto é que as viagens de avião costumam ser bem geladas, então é bem importante ter sempre uma blusa em mãos. Afinal, a prioridade número um deve ser o seu bem-estar.


6. Portar itens proibidos

Ao arrumar sua bagagem de mão, assim como a sua bolsa ou mochila, tenha em mente que alguns objetos podem te atrasar um pouquinho no controle de segurança. E ninguém quer isso!


Logo, fique atento às seguintes regras: não inclua itens cortantes ou perfurantes (como tesouras de unha e canivetes), remédios não podem ultrapassar 100 ml e líquidos e géis, bem como substâncias pastosas, devem ser levados em embalagens transparentes.


7. Somente se atentar às informações da passagem

Sim, o que está impresso em suas mãos é extremamente essencial. Porém, vira e mexe rola alguma mudança no portão de embarque. Se isso acontecer, a equipe do aeroporto vai avisar por meio dos telões ou até mesmo utilizando o microfone. Ou seja: preste atenção ao que está acontecendo ao seu redor e, se tiver alguma dúvida, procure se informar com algum funcionário.


Dica: para acompanhar os painéis, basta procurar pelo número do seu voo. Ali você consegue ver o portão de embarque e se o voo vai ou não sair na hora, por exemplo.


8. Não checar se as conexões exigem troca de aeroporto

Vamos considerar o seguinte: você vai viajar para Salvador, mas tem uma escala prevista para acontecer em São Paulo. Antes de qualquer coisa, vale ressaltar que a capital paulista tem dois aeroportos e que pode ser que o seu segundo voo decole de um aeroporto diferente de onde você desembarcou pela primeira vez.


Por conta disso, consulte a sua passagem aérea e o seu agente de viagens e calcule o tempo certinho de locomoção de um local para o outro. Assim você não perde a segunda parte do seu itinerário e evita muito estresse.



E aí, você tem alguma outra dica sobre erros comuns em viagens de avião que não apareceu aqui? Então conta aqui nos comentários, uma vez que o seu depoimento pode fazer toda a diferença na viagem de outra pessoa 😉

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo