• Mariana Ferreira

Rio de Janeiro: visita ao BioParque, o remodelado jardim zoológico do Rio

Um domingo ensolarado do inverno carioca, visitei o BioParque Rio, localizado na Quinta da Boa Vista, zona norte do Rio.


Guia

Valores e ingressos

Principais áreas de visitação no BioParque Rio

1. Imersão Tropical

2. Vila dos Répteis

3. Jardim de Burle Marx

4. Reis da Selva

5. Polinizadores

6. Ilha dos Primatas

7. Fazendinha

8. Cerrado

9. Savana Africana

Mapa do Parque


A Quinta da Boa Vista é uma ótima opção para passeios em família, fazer um piquenique, andar de bicicleta, passar a tarde, caminhar, etc. O local é de fácil acesso através de transporte público, carro ou táxi/uber.


Para o Bioparque, os ingressos devem ser adquiridos no site do parque antecipadamente, em horários pré-determinados e espaçados, devido à pandemia. O processo de compra é fácil e você logo recebe no e-mail a confirmação com um QR code, que deverá ser apresentado no check-in junto com o documento de identificação.


Valores: R$ 40 adulto | R$ 20 meia entrada - Site Oficial

Estacionamento: R$ 35 durante a semana | R$ 40 fins de semana e feriados


Logo na chegada notamos que os protocolos de segurança estão em vigor, como uso obrigatório da máscara e medição da temperatura na entrada. Porém não há controle com o número de visitantes, o que acaba fazendo com que haja muitas filas a todo instante e não possua o distanciamento necessário.


Na entrada tem um QR Code para visualizar o mapa do parque e dentro do parque também há o mapa impresso em algumas áreas para facilitar a localização. As informações estão em três idiomas: português, espanhol e inglês e há orientações para a visita.


Vale destacar que com a reforma do zoológico, o lugar ficou bem bonito e com uma boa infraestrutura para os visitantes. Há banheiros, lanchonetes, bancos e mesas espalhadas por todo o parque, tudo muito temático. Porém os preços são um pouco altos por ser um local turístico. A água custava R$ 5,00 e a pipoca grande saindo a R$ 16,00.




Esse novo design do zoo permite esse contato mais próximo com os animais, o que torna a experiência mais divertida.


O passeio leva cerca de 1h30 para completar todo o circuito, são diversas espécies de animais, distribuídos numa área de visitação de 60 mil metros quadrados, mas você pode aproveitar o dia inteiro no parque se assim preferir.


Visitamos cada área com calma e o passeio ao todo durou 3 horas.








Principais áreas de visitação no BioParque Rio


1. Imersão Tropical



A parte mais incrível durante a minha visita foi logo no início, na Imersão Tropical. Uma espécie de gaiola enorme onde nós entramos e vemos as aves soltas e sobrevoando a gente. Entram grupos limitados de pessoas cada vez para que não haja uma aglomeração que assuste as aves.


Esse espaço possui mais de 40 espécies, em sua maioria aves como o tucano-do-bico-preto batizado de TucTuc. A área também é habitada por araras-azuis-grandes, araras-vermelhas e papagaios.









2. Vila dos Répteis


Nesses ambientes abertos e cercados por painéis transparentes estão os jacarés-de-papo-amarelo que convivem em harmonia com tartarugas-amazônicas e cágados. Cobras píton podem ser vistas no espaço que fica ao lado.




3. Jardim Burle Marx

Projetado pelo famoso paisagista brasileiro, o espaço foi totalmente revitalizado. É o lar de flamingos, que passeiam pelas curvas do projeto paisagístico, esbanjando harmonia e elegância.

4. Reis da Selva


O leão Simba e o tigre William poderão ser vistos nessa área, projetada para recriar de forma mais próxima possível seus locais de origem. Por serem animais noturnos, demos o azar de pegar ambos dormindo.


A elefanta Koala também recebeu um novo espaço, maior do que o antigo.


5. Polinizadores


Trata-se de uma redoma de tela onde os visitantes poderão entrar e ter contato com pequenos insetos polinizadores e borboletas.


6. Ilha dos Primatas


No espaço vivem cinco espécies de pequenos primatas, entre eles, o macaco-aranha-da-testa-branca, o cuxiú e o parauacu. Os animais ficarão bem próximos aos visitantes que poderão conferir essa interação de um lado a outro da ilha.



7. Fazendinha


Área em que as crianças poderão conhecer a origem dos alimentos consumidos no dia a dia, como leite e ovos, além de ter um contato próximo com os animais domésticos, como vacas, galinhas, pôneis e cabras.

É possível também alimentar os bichos, porém é uma atividade paga a parte.




8. Cerrado


Ali estão espécies como a ema, o tamanduá-bandeira, capivaras, catetos e antas. Em frente aos primatas, o casal de lobos-guarás e as irmãs orangotango ganharam recintos maiores, com mais espaço.


9. Savana Africana


No fim do passeio o espaço conta com cerca de 10 espécies que vivem naquele continente.


Ele é cortado por um rio de 250 metros de extensão e uma passarela suspensa, que possibilita que os visitantes contemplem os animais, entre eles o Avestruz e o Hipopótamo.


Também é possível fazer um passeio de barco no rio, é pago a parte e em horários pré-determinados.




MAPA Bioparque Rio



Próximo a Savana Africana, já no final do passeio, está o Parquinho Animáximos, onde as crianças e adultos se divertem, possui balanços, escorregador e outros atrativos.



Em resumo, achei um bom passeio para fazer em família pois o ambiente é bonito repleto de árvores e ao ar livre, porém não achei grande a variedade de animais no BioParque, não tinham algumas espécies, como por exemplo a girafa, poucas espécies de cobras e etc.


Uma dica é levar sua garrafinha de água e um lanche, e também ir com um calçado confortável pois vai andar bastante.

E aí, já conheceu o Bio Parque Rio? Conte aqui nos comentários como foi a sua experiência.

43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo